Check List para pedido e NF de importação

Esse check list é utilizado para validar um pedido de importação para a geração de NF de importação a partir do pedido.

Conferência no pedido de compra

  1. Cadastro do fornecedor - verifique se o cadastro do fornecedor segue o padrão de cadastro de contas no exterior conforme o manual - http://www.personalsoft.com.br/usuario:pu0014
  2. Moeda estrangeira - verifique se o câmbio fechado está lançado no sistema (lance esse valor quando for gerar a nota) - siga o manual - http://www.personalsoft.com.br/financas:pfin0029
  3. Pedido de compra - verifique no pedido de compra as seguintes informações:
    • Cabeçalho do pedido - no cabeçalho do pedido verifique se o campo moeda está preenchido com a moeda estrangeira (esse processo deve ser feito antes de lançar os itens no pedido para que o sistema atribua a moeda estrangeira aos itens, caso seja feito posteriormente, será preciso excluir todos os itens e incluir novamente)
    • Itens do pedido de compra
      • Lance os itens com os valores unitários com todas as casas decimais conforme a DI (lance esse valor na moeda estrangeira, pois ao gerar a nota o sistema realizará a conversão)
      • Ajuste o grid de itens e deixe visível as seguintes colunas:
        • Item / NCM / Moeda / CFOP / Quantidade / Valor unit / Base calc s desc / Frete / Despesas acessórias / Rateios / Valor contábil / ICMS – Tributação / ICMS – Alíquota / IPI - Tributação / IPI – Alíquota / II – Tributação / II – Alíquota / II – Despesas aduaneiras / PIS – Tributação / PIS – Alíquota / COFINS – Tributação / COFINS – Alíquota
      • Verifique se os itens estão sendo tributados, nesse caso confira nas adições da DI e no sistema as alíquotas dos impostos conforme as colunas do grid que estão visíveis
        • IMPORTANTE: nas operações de importação, em todos os casos, sem exceção, o II deve estar tributando, mesmo em situações com alíquota 0 (zero).
  4. Rateios - realize os rateios necessários no pedido (esses rateios devem ser feitos na moeda estrangeira), siga o manual - http://www.personalsoft.com.br/compras:pc0009
    • Faça os rateios de frete (em função do peso) e despesas acessórias.
  5. Conferência de pedido de compras:
    • Para conferir o pedido com a DI, acesse o grid dos itens do pedido, certifique-se que as colunas mencionadas no item anterior estejam habilitadas, clique com o botão direito no grid e selecione a opção exibir guia de agrupamento, arraste a coluna NCM para essa guia e solte. Os itens ficarão agrupados por NCM, verifique os totais da NCM por adição, verifique se a coluna Base calc s/ desc está habilitada e confira os totais com o VMCV da adição, esses valores devem bater.
    • Confira os demais valores como os as alíquotas dos impostos (PIS, COFINS, ICMS, II, IPI), confira as despesas acessórias, confira o valor do frete.
  6. Se tudo estiver OK o pedido pode ser APROVADO
  7. Geração de romaneio - siga o procedimento padrão de entrada de materiais a partir de pedidos

Conferência após gerar a NF

  1. Geração de nota fiscal - procedimento padrão de geração de nota a partir de romaneio - http://www.personalsoft.com.br/fiscal:pf0012
  2. Cadastrar a DI - siga o manual - http://www.personalsoft.com.br/fiscal:pf0019
  3. Associar DI a nota - dê um duplo clique na nota, siga para a guia Importação e informe a DI cadastrada
  4. Informe o texto das observações da nota
  5. Realize o rateio do SISCOMEX ou demais rateios - siga o manual e faça o rateio como despesas aduaneiras - http://www.personalsoft.com.br/fiscal:pf0033
  6. Conferência da nota fiscal
    • No grid de itens da nota fiscal, deixe visível as seguintes colunas: Item / NCM / CFOP / Quantidade / Valor unit / Base calc s desc / Frete / Despesas acessórias / Rateios / Valor contábil / ICMS – Tributação / ICMS – Alíquota / ICMS – Valor / IPI – Tributação / IPI – Alíquota / IPI – Valor / II – Tributação / II – Alíquota / II – Valor / II – Despesas aduaneiras / PIS – Tributação / PIS – Alíquota / PIS – valor / COFINS – Tributação / COFINS – Alíquota / COFINS – Valor
    • Confira os totais dos impostos apresentados no grid com os valores da DI, para facilitar agrupe os itens por NCM utilizando o recurso de agrupamento do sistema
    • Caso os valores não batam, confira primeiro os valores dos rateios (frete, siscomex, despesas acessórias)
    • Caso os valores não batam, confira as alíquotas dos impostos (PIS, COFINS, IPI, ICMS, II)
    • Caso os valores não batam, confira o valor do câmbio se está lançado corretamente
    • Caso os valores não batam verifique os valores unitários e suas quantidades
  7. Transmissão da Nota Fiscal - se tudo estiver correto transmita a nota