Lançamento manual de NF de importação

Este processo é baseado no lançamento manual de uma nota de importação a partir de uma declaração de importação.

Requisitos

  • Cadastro do fornecedor nas condições de exterior - manual cadastro de contas no exterior
  • Cadastro da declaração de importação e adições - manual cadastro de DI
  • Declaração de importação
  • Valores unitários dos produtos convertidos para reais

Processo

Cabeçalho da nota

  1. Acesse: módulos > fiscal > notas fiscais de entrada
  2. Clique em incluir
  3. Preencha os campos solicitados com ênfase em: conta, departamento, tipo/série, número, prazos de pagamento, declaração de importação e dados de transporte na guia transporte.
  4. Clique em gravar

Inclusão de itens na nota

  1. Selecione o cabeçalho da nota e clique no botão itens
  2. Clique em incluir para adicionar o item
  3. Na guia principal informe: o produto, quantidade, valor unitário convertido para reais e o peso do item de acordo com a adição, caso sejam muitos itens faça o rateio manual do peso e atribua a cada item.
    • Nas guias dos impostos informe as alíquotas conforme a DI, lembre-se que são destacadas as alíquotas de ICMS, PIS, Cofins, IPI e II.
      • Obs.: quando o IPI é destacado com alíquota zero na adição, no sistema ele será lançado como tributado, alíquota zero e IPI CST igual a "51 - entrada tributada com alíquota zero"
  4. Clique em gravar
  5. Para lançar mais itens, basta repetir os passos anteriores
  6. Após lançar os itens será preciso realizar os rateios de frete, seguro, despesas aduaneiras e despesas acessórias.
    • Acesse módulos > fiscal > rateio de valores
    • Preencha os campos:
      • Nota fiscal: informe a nota de importação que está lançando
      • Tipo de rateio: informe o tipo de rateio que será realizado
      • Base de cálculo: informe se irá utilizar como base o peso ou valor
      • Valor a ratear: informe o valor a ser rateado
      • Clique em processar
    • Obs.: na grande maioria dos casos o rateio do frete e despesas acessórias são feitos com base de cálculo no peso e as despesas aduaneiras e seguro com base de cálculo no valor. Caso o valor não bata com a conferência, refaça os rateios.
  7. Após realizar os lançamentos, faça a conferência de valores da DI com o sistema para ver se estão todos batendo
  8. Se estiver tudo em ordem, transmita a nota.
  9. Fim do processo